17
abr

Oscar no MISS: O homem que não vendeu sua alma

Sir Thomas More (Paul Scofield), um chanceler inglês católico, se envolve em uma situação complicada quando o Rei Henrique VIII (Robert Shaw) o obriga a aprovar seu divórcio com sua esposa e realizar o casamento com sua amante. Extremamente dividido entre sua consciência e suas obrigações com o rei, Sir Thomas decide permanecer em silêncio, o que provoca a ira do rei. O resultado é uma batalha de poderes repleta de intrigas, manobras políticas e o destino do Homem, da Igreja e do país.

 

Filme vencedor da 39ª edição do Oscar – 10 de abril de 1967.