Notícias

Aquário

26.10.2010

Aquário recebe pinguim de parque do Guarujá

O Aquário de Santos recebeu, em 28 de outubro, um pinguim-de-magalhães do Acqua Mundo, de Guarujá, para uma estadia de quatro meses. É que o animal, batizado de Demo, vem atrapalhando a reprodução dos pais, insiste em permanecer no ninho apesar de já ter quase dois anos e, no ano passado, chegou mesmo a quebrar o ovo de um irmão. “Agora, ele está voltando a ter o mesmo comportamento e, ao invés de isolá-lo durante a temporada reprodutiva, que começou em setembro, achamos melhor que ele tivesse contato com outra colônia, para manter a sociabilização e permitir  que os pais procriem”, comentou o biólogo Paulo de Tarso Ferraz Meira, que trabalha nos dois parques.

         Na bibliografia consultada pelo técnicos dos aquários não há registro desse tipo de comportamento na natureza. “Não sabemos se isso acontece ou não”, comentou o biólogo, explicando que Demo é o segundo pinguim nascido em cativeiro no Brasil – o primeiro, Fraldinha, nasceu no Aquário de Santos. Com isso, não há também informações suficientes para avaliar a situação. De qualquer forma, prosseguiu Paulo de Tarso, entre seis e oito meses de vida, é normal o filhote se desligar dos pais e passar a ter uma vida independente. “Mas só aos nove meses é que Demo saiu do ninho”.

         A transferência do pinguim para Santos recebeu o aval do Ibama, que emitiu documento de autorização. O animal está no tanque com outros 32 pinguins e seu comportamento é avaliado diariamente, registrado em planilha, para estudos posteriores. Ele dispõe de uma marcação específica do Acqua Mundo, cuja identificação será possível, apenas, pelos técnicos.

         Aves marinhas distribuídas no Hemisfério Sul, os pinguins da espécie de magalhães chegam à costa brasileira trazidas pelas correntes marinhas, geralmente com um ano de vida. Eles começam a se reproduzir entre os quatro e cinco anos. A fêmea coloca um ovo - em três dias pode botar um segundo - e os pais se revezam no ninho até o nascimento do filhote, que ocorre entre 39 e 42 dias.    

 

 

Voltar