04
abr
11
abr
18
abr
25
abr

5ª Mostra Blues de Santos

A mostra traz a Santos músicos de blues, promovendo a integração entre eles e o público por meio de oficinas e conversas informais. Em comemoração ao nascimento de Muddy Waters, artista revolucionário do Blues mundial e o nome que sintetizou o blues rural do Mississippi na música urbana de Chicago, influenciando milhares de músicos, inclusive no Brasil.

Programação:

4/4, das 15h às 17h – Oficina de baixo, com Com Júlio Faisca, baixista da banda Los Breacos e da LeRoyale.
Valor: Gratuito. Classificação: Livre.

4/4, às 21h – Los Breacos. A banda, em formato power trio, foi formada em 2012 e, atualmente, é uma verdadeira usina sonora com Baixo, bateria, guitarra, e uma forte seção de metais. Sua linguagem é voltada ao funk e soul music e suas principais influências são James Brown, Earth Wind & Fire eMichael Jackson, entre outros.
Valor: R$ 5 a R$ 17. Classificação: 16 anos.

11/4, às 21h – Big Chico e Banda. O cantor, gaitista e guitarrista Big Chico apresenta seu novo trabalho, uma grande homenagem a um dos músicos que pode ser considerado uma de suas maiores influências na harmônica: Rod Piazza. Junto com a banda, o show traz a energia dos instrumentais aos clássicos do blues.
Valor: R$ 5 a R$ 17. Classificação: 16 anos.

18/4, das 15h às 17h – Oficina de guitarra, com Duca Belintani.
Valor: Gratuito. Classificação: Livre.

18/4, às 21h – Duca Belintani. A discografia de Belintani mostra que o paulistano fez fama tocando blues e rock, mas que também parece impossível ignorar os ritmos brasileiros, com influências de samba, batidas nordestinas e fusion jazz. Com mais de 35 anos de estrada, o último trabalho solo, How Long, resgata a musicalidade, a alma, o humor, bem como os instrumentos da história deste gênero da música negra norte americana.
Valor: R$ 5 a R$ 17. Classificação: Livre.

25/4, das 15h às 17h – Oficina de harmônica, com Jefferson Gonçalves. O músico carioca se destaca como um dos mais versáteis nomes da gaita, tocou para públicos diversos, apresentando-se em algumas das melhores casas de Blues do mundo.
Valor: R$ 5 a R$ 17. Classificação: Livre.

25/4, às 21h – Jefferson Gonçalves e Banda. Jefferson Gonçalves se destaca como um dos mais versáteis nomes da gaita por sua sonoridade própria, em que tece e mistura sons criando uma atmosfera tipicamente brasileira. Sua sonoridade mistura a música negra norte americana com o regionalismo dos ritmos nordestinos como o forró, o baião, o xaxado, o maracatu, entre outros.
Valor: R$ 5 a R$ 17. Classificação: Livre.