Último Gole

Com mesas internas e externas e a meia quadra da orla, este cantinho português tem três décadas de fama – aliás, o nome foi ideia dos próprios clientes, que após a praia paravam no restaurante para uma ‘saideira’.

No cardápio, destaque para o bolinho de bacalhau e pratos como bacalhau à Gomes de Sá e à Zé do Pipo, cordeiro ao forno com batatas dourada e, claro, sardinhas à escabeche e grelhadas, e alheira.

Uma curiosidade: com o crescimento da clientela, em 1986 o proprietário e clientes criaram o Bloco Patusco Raparigas do Último Gole, transformado anos depois em banda carnavalesca, cujos participantes se concentram em frente ao restaurante no domingo que antecede os festejos de Momo.

Até hoje o Raparigas mantém a proposta filantrópica com a qual foi criado o bloco e reúne não apenas famílias que frequentam a casa, mas todos os que gostam de carnaval.