Catedral de Santos

Edificada em estilo neogótico, é a sede da Paróquia de Nossa Senhora do Rosário. A catedral começou a ser construída em 1909, foi inaugurada em 1924, mas concluída apenas em 1967. Na fachada, estão duas imagens em granito natural, representando São Pedro e São Paulo, e, mais acima, estão as figuras dos profetas Isaías, Jeremias, Ezequiel e Daniel, tendo ao lado quatro evangelistas. 

A edificação

A Catedral possui três naves, dois altares laterais de mármore e duas capelas, uma em cada lado do altar-mor: a do Santíssimo Sacramento, com afrescos de Benedito Calixto, e a de Nossa Senhora de Fátima. A grande cúpula completa o conjunto, onde também estão sete vitrais que contam a passagem da vida de Nossa Senhora. A torre da catedral guarda um carrilhão de sete sinos.

Santa Josefina Bakhita

Primeira santa africana, Josephina Bakhita (1869-1947) foi canonizada em 2000 graças à cura de Eva Tobias da Costa, moradora de Santos, portadora de diabetes. O milagre, reconhecido pelo Vaticano, ocorreu em 1980, 24h após ela passar o santinho com a imagem da ex-escrava sobre as feridas de suas pernas, curadas em poucas horas. Fica também em Santos a primeira igreja do Brasil dedicada a Santa Bakhita – ela foi erigida na Rua República Portuguesa s/nº, no bairro Vila Mathias.