Notícias

19/ 12/ 2017

Mureta de Alexandre Pedroso retrata a descontração santista

“Ah, como eu gostaria de ir para o trabalho e ver a praia”. Longe de ser um desabafo, foi esse sentimento, tão particular de quem mora longe do litoral, que inspirou o artista plástico Alexandre Cid Pedroso na customização da mureta afixada no jardim da orla, em frente ao número 84 da Avenida Presidente Wilson.

 

“Pensei em tudo que Santos tem de bom e logo me veio a imagem da orla, dos jogos de frescobol e vôlei, da liberdade que a praia representa”, comentou esse santista radicado em São Paulo, que atua na Diretoria de Arte da Tempero da Casa Comunicação, agência de eventos e marketing de relacionamento. Na praia, prosseguiu, “todo mundo se encontra e se iguala”.

 

Embora desde a infância recheasse de desenhos seus cadernos do Colégio Santa Cecília, o artista plástico jamais pensou que se tornaria um profissional da área. “Trabalho com a estética gráfica em geral. É a minha vida”, resumiu.

 

Quadrinhos

O estilo descontraído do mundo HQ e o perfil bem-humorado de quem sempre tinha uma piada para fazer com os amigos, Pedroso incorporou em seus traços na mureta. Eles trazem, além da representação de esportes e jogos praticados na praia, elementos de contemplação e lazer frente ao mar.

 

E foram justamente os quadrinhos que ele levou para a peça tridimensional. “Pensei logo em fazer uma história com três quadrinhos. Achei que a criançada iria adorar”.