Ao Chopp do Gonzaga

Já entre pedindo pãozinho e o especialíssimo molho de cebola, cuja receita não é compartilhada pela casa nem sob tortura. Mas vá devagar, porque você está em uma das melhores churrascarias de toda a região e precisa guardar espaço nessa santa barriguinha para um espeto na brasa que ficará na sua memória.

 

Olha só: as carnes ficam marinadas em um tempero ultrassecreto (nem pergunte, tá? Vai perder seu tempo) e depois seguem para a churrasqueira de carvão natural. Você pode escolher o acompanhamento e, se é chegado em uma batata frita, vá em frente porque a desta casa é feita na hora e chega à mesa crocante por fora e macia por dentro. Hummmmm..... até deu fome! Se preferir, no cardápio tem também salmão e meca, além de pratos executivos no almoço da semana e os especiais, um por dia, de segunda a quinta.

 

Inaugurada em 1962, a casa durante décadas funcionou com um balcão de apenas 17 disputadíssimos lugares – apesar da demora, ninguém arredava pé, com receio de perder o lugar. Há alguns anos, os donos resolveram instalar, ao lado da casa original, que continua funcionando, o restaurante com mesas, em um espaço dos mais confortáveis.

 

Vai firme. Só assim você vai entender por que esse restaurante já está na 3ª geração – dentro e fora do balcão.